fbpx

4 respostas sobre a importância de fazer um planejamento tributário

ago 23, 2018

flavia

Blog

6

4 respostas sobre a importância de fazer um planejamento tributário

Neste terceiro texto sobre planejamento tributário (veja os outros aqui e aqui), vamos falar sobre a importância dessa atividade para a vida de um empreendimento. Praticamente todos os tipos de empresa, desde as menores até as gigantes, precisam realizar elaboração do planejamento tributário, tanto as que estão começando – o que é primordial – quanto as já estabelecidas.

Essa prática começou a ser adotada, relativamente, há pouco tempo, muito por causa da complexidade da tributação brasileira, mas principalmente pela necessidade de profissionalização cada vez maior das organizações. Mesmo assim, ainda há dúvidas em relação ao custo/benefício de parar e fazer um planejamento detalhado, e muitas vezes não se sabe exatamente qual é a importância dele.

Neste post, consolidamos as informações para você saber o que é, qual a importância e como aplicar essa prática, além de compreender seus benefícios e sua utilidade, de forma rápida e objetiva. Vamos lá?

  1. Qual é a utilidade de um planejamento tributário?

A principal utilidade é reduzir a carga tributária e aumentar a lucratividade das empresas! Isso é feito através da análise das informações do negócio, como tipo de atividade, quais serviços serão comercializados, o mercado ao qual a empresa está inserida e, a partir daí, definir qual o melhor regime tributário para se pagar tributos da melhor maneira possível, reduzindo ao máximo o total a ser recolhido de forma legal.

  1. Por que é tão importante?

Para manter a saúde financeira das empresas e dos sócios! Com a economia cada vez mais globalizada e competitiva, os altos custos tributários e a enorme burocracia, se não forem devidamente estudados e equacionados, podem provocar a extinção de um bom número de empresas, principalmente daquelas que não estão preparadas para enfrentar essa realidade. Por isso que o planejamento tributário é fator essencial dentro da estratégia empresarial de competitividade.

  1. Como fazer um planejamento tributário eficiente?

É preciso estudar a fundo a legislação vigente, bem como suas nuances e benefícios de acordo com o ramo de atividade das empresas, que podem se beneficiar das brechas legais existentes nas leis para, principalmente, impedir um fato gerador de imposto.

Esse planejamento deve ser iniciado pelo diagnóstico da situação atual, identificando como anda o pagamento de tributos da empresa. Após esse passo, consegue-se obter os dados para fazer a escolha do regime tributário correto, como falamos no segundo texto desta série, sempre levando-se em conta questões como margem de lucro, recuperação de tributos, o apropriado aproveitamento de créditos fiscais e outros elementos relacionados. Além de pensar em impedir o fato gerador de imposto, deve-se considerar a possibilidade de diminuir, legalmente, o valor a ser pago. Para desinchar o custo, uma das opções inclui o uso de incentivos fiscais previstos em lei.

E, para fazer tudo isso, considere contratar uma empresa especialista no assunto, que irá entender os fatos geradores de tributos e o impacto dentro do empreendimento. Com a terceirização de atividades, aumentam as chances de você conseguir um planejamento ainda mais consistente e efetivo.

Como a Solutta pode te ajudar nesse assunto?

Sendo autoridade em planejamento tributário e outras questões pertinentes à área, a Solutta aplica o conhecimento e expertise de profissionais preparados com utilização de ferramentas estratégicas para alcançar o melhor resultado para o seu negócio.

Se você deseja aprender mais sobre planejamento tributário e precisa fazer um para o seu negócio, entre em contato com a Solutta.

(Colaboração: Alberto Lopes, gerente de atendimento da Solutta)

Post by Flávia Rossi

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off