fbpx

5 dicas contábeis para superar as incertezas

Seguindo a nossa série especial de conteúdos com foco em gestão de crises, hoje vamos dar algumas dicas contábeis para que você possa superar as incertezas que permeiam seus pensamentos sobre o futuro da sua empresa.

O fato é que grande parte dos pequenos e médios empresários não estão preparados para encarar momentos de crise, seja por ausência de uma reserva financeira pré-existente para suprir com todos os custos mensais que seu negócio necessita, seja por falta de conhecimento sobre medidas práticas que possam ser adotadas nessas horas. 

Mas fique calmo, embora o ideal seja sempre antever processos, tudo nessa vida tem solução. E existem, sim, algumas ações que você pode adotar neste momento para evitar e minimizar prejuízos na sua empresa. 

Vamos às dicas:

1 – ENTENDA A CRISE QUE VOCÊ ESTÁ ENFRENTANDO (Consultoria)

Esse é o primeiro passo. Você precisa saber exatamente qual tipo de crise está enfrentando e de que forma ela vai impactar a sua rotina. Neste momento estamos lidando com as ameaças do Coronavírus (COVID – 19), que está mexendo com a vida do mundo todo. 

Mas neste caso, precisamos que você se dedique por algum tempo para identificar, diante de tantas consequências, quais de fato estão ligadas diretamente ao seu negócio. Dessa forma, você diminui o estresse e direciona o gasto da sua energia para os locais certos com medidas eficazes. 

Podemos citar setores como recursos humanos, afinal sua empresa é composta por pessoas e elas são diretamente afetadas por esse vírus. Setor financeiro, fiscal e tributário, compra e venda, entre outros. 

Tendo essa visão clara, o próximo passo é descobrir quais ações são cabíveis para sua empresa. 

2 – CUIDE DOS SEUS COLABORADORES (Departamento Pessoal e Recursos Humanos)

Nem sempre esse passo parece óbvio, mas ele é vital e o mais importante. Primeiro que estamos falando de vidas e se você pode contribuir para a integridade física e mental de alguém, esse é seu papel, não só como empresário, mas principalmente como ser humano. 

Segundo porque são seus funcionários que fazem a roda da sua empresa girar, você depende do trabalho de cada um deles para manter tudo funcionando. Sendo assim, eles precisam estar saudáveis e disponíveis para executarem suas tarefas. 

Quando falamos de uma crise que envolve riscos à saúde, lidar com colaboradores se torna ainda mais desafiador, já que cada um reage de formas diferentes diante do mesmo cenário. Então, a primeira coisa a se fazer é acalmar a sua equipe, mostrar que existe uma real preocupação com cada um deles e que medidas serão tomadas para protegê-los. 

Neste caso específico da COVID-19 algumas sugestões são:

Informe os colaboradores com as notícias reais, não deixe que as Fake News se espalharem;

Invista na comunicação interna, intranet, cartazes colados, informação boa a boca, treinamentos e reuniões e ofereça um canal (ou pessoa) de escuta e para tirar dúvidas; 

Disponibilize insumos possíveis como álcool em gel 70% no ambiente de trabalho, máscara, luvas, entre outros (enquanto ainda tiverem funcionários trabalhando nos locais);

Redobre o cuidados com a limpeza;

Aja imediatamente quando houver casos confirmados ou suspeitos na equipe;

*Ponto importante: nesta segunda-feira, 23/03/2020, foram divulgadas novas medidas do Governo para as empresas lidarem melhor com esse momento, no que diz respeito, principalmente, aos contratos de trabalho. Leia quais são as opções no link do nosso blog!

Monte uma equipe de emergência: Segundo pesquisas da Gartner (empresa de consultoria), as organizações também precisam lidar com a falta de pessoal para manter as operações básicas, para isso é preciso conduzir um planejamento da força de trabalho para avaliar riscos e solucionar as lacunas de pessoal, identificando áreas de serviço mais comprometidas. 

3 – FAÇA UM DIAGNÓSTICO GERAL DA EMPRESA (Consultoria)

Avalie a situação financeira da sua empresa. Você deve rever as suas atuais condições financeiras, pois com tantas oscilações econômicas, como queda da bolsa, aumento do dólar e vários outros acontecimentos presentes, não se tem previsão do impacto que o coronavírus terá na economia global. Pelo menos, não até o momento. 

Não existe ainda uma previsão da repercussão na economia mundial, por isso os empresários devem se perguntar: Qual é a liquidez financeira que eu tenho para suportar ou atravessar esse período que virá à frente? Eu tenho caixa suficiente para os próximos meses até o quadro do vírus se estabilizar? Irei precisar de linha de crédito? Preciso demitir alguém ou consigo manter o meu quadro de funcionários?

Com esse cenário bem claro, fica mais fácil a tomada de decisões. Você irá poupar desespero e vai evitar erros que impactam o hoje e, principalmente, o amanhã. E é pra isso que é de suma importância contar com uma consultoria de alta performance para te auxiliar nos caminhos que devem ser seguidos. 

3 – LEVANTAMENTO DE IMPOSTOS E TRIBUTOS (Planejamento Tributário e Fiscal)

Sabemos que fazer um diagnóstico desse porte, neste momento de caos que você, sua empresa e seus funcionários estão vivendo, pode parecer impossível e inviável, mas é exatamente isso que pode determinar o futuro do seu negócio, quando a crise passar. 

Para evitar erros e poupar o seu dinheiro e desgaste psicológico o ideal é investir em uma assessoria contábil. Ela disponibiliza profissionais qualificados que te ajudarão a superar as incertezas desse momento, principalmente quando falamos de assuntos tão específicos como obrigações fiscais e tributárias. 

“São elas que poderão te informar sobre adiamentos de pagamentos de impostos, quais são eles e se seu regime tributário se encaixa nas medidas aprovadas, possíveis incentivos fiscais e tributários, além de te proteger das inúmeras fake news, por exemplo.

Por isso, é de total importância que você tenha, principalmente nesse momento, um respaldo profissional. 

Já que vivemos em um momento cercados de notícias vindas de todos os lados e é humanamente impossível absorver tudo. Sabemos que o que você quer é saber como proteger sua família, seus funcionários, clientes e sua empresa. Exatamente por esse motivo, o melhor a fazer é delegar para quem realmente pode te ajudar, sendo um braço de todo esse processo. 

NA PRÁTICA

Veja alguns exemplos na prática do trabalho que a contabilidade pode realizar na sua empresa para gerir a crise que estamos enfrentando: 

Evitar multas desnecessárias

Com as mudanças na economia, o governo acaba mudando as datas de pagamento de alguns tributos. Porém, essas datas variam e existem algumas peculiaridades que dependem do ramo de atividade da empresa. Para evitar pagar multas desnecessárias, o contador pode programar o pagamento de forma planejada e controlada.

Reforço no fluxo de caixa

Em períodos de turbulência na economia, as soluções podem estar dentro dos registros da própria empresa. Exemplo disso é o fluxo de caixa, ação que permite à empresa analisar em que estado anda sua movimentação financeira naquele período e verificar quais são as necessidades do capital de giro (principalmente em relação à inadimplência dos clientes). 

Com base nessas informações, o gestor pode tomar decisões sobre o planejamento comercial, novos posicionamentos, estratégias e demais posicionamentos sobre o negócio da empresa.

O papel do contador se faz ainda mais importante em um momento de crise econômica, pois é o seu trabalho que trará as bases que os clientes precisam para se apoiar para conseguir manter seus empreendimentos saudáveis — e atravessar de cabeça erguida o cenário de dificuldades.” – Trecho do artigo Como uma contabilidade te ajuda na gestão de crise. 

4 – APROXIME-SE DE SEUS FORNECEDORES E CLIENTES (Gestão de Lojas)

Outro ponto que preocupa bastante os empresários é a questão da falta de fornecimento de produtos, por isso, uma dica é chamar seus fornecedores para uma conversa sincera e tentarem juntos buscar soluções. É o momento de estreitar os laços e trabalharem em prol de um bem maior. 

Seus clientes também precisam de transparência e suporte nesse momento. Invista na comunicação e informação, já que a tendência é que o medo da escassez de produtos tome conta e gere um consumo desenfreado de ítens básicos, por exemplo. Tente mantê-los informados sobre a disponibilidade e reabastecimento de mercadorias com o objetivo de acalmar e organizar o fluxo do consumo. 

5 – TENHA CALMA (suporte 360º)

E por fim, fique calmo. Como todas as crises que já enfrentamos, essa terá começo, meio e fim. Logo tudo irá passar e aos poucos a rotina da sua vida pessoal e da sua empresa voltará ao normal. 

Conte com a Solutta e com toda a nossa equipe para ajudar em todas as etapas dos processos de gestão que sua empresa necessita nesse momento. Estamos juntos nessa e disponíveis para contribuir com nossa expertise e conhecimento.

Por Atracto


Você também pode gostar do artigo COVID – 19: Governo publica novas medidas trabalhistas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off