fbpx

5 erros mais comuns do planejamento tributário

A grande maioria dos empresários já ouviu falar sobre planejamento tributário, mas percebemos que por se tratar de um assunto complexo, boa parte dessa fatia, ou deixa essa tarefa de lado, priorizando outras atividades da empresa, ou acaba cometendo erros graves que geram prejuízos financeiros e fiscais. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI), em parceria com a consultoria Ernest Young, que visa comparar a carga tributária para as empresas no Brasil com outros países, fazemos parte do grupo de países com a maior média de cobrança de impostos sobre a renda por empresas, contabilizando 35% de tributação de IR (Imposto de Renda). 

O que nos leva a ressaltar a importância de olhar para o planejamento tributário como um aliado para manter a saúde financeira do seu negócio em dia e não como uma atividade desnecessária que pode ser deixada de lado ou feita de qualquer jeito. 

É a partir da adoção da prática de forma contínua e assertiva que muitos gargalos financeiros do seu negócio podem ser detectados e corrigidos. Te ajudando no equilíbrio das finanças e na economia de recursos que podem ser aplicados em outros setores, gerando inclusive, lucros significativos. 

O QUE É PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO?

O planejamento tributário é um conjunto de sistemas legais que tem como objetivo diminuir o pagamento de tributos. É a administração dos pagamentos de impostos que inclui também o estudo de estratégias para a redução da carga tributária aplicada. 

O planejamento tributário pode ser dividido em duas categorias:

“Operacional

É o básico. Ou seja, para cumprir a correta escrituração das operações e o pagamento dos impostos nos prazos previstos, você precisa incluir essas tarefas na sua rotina de trabalho e alinhá-la com a equipe contábil.

Estratégico

Para que o planejamento operacional seja possível, antes deve ser feito o estratégico, que é o enquadramento da empresa no regime tributário mais conveniente e o conhecimento de outras particularidades fiscais, que variam de acordo com o ramo de atividade, estrutura de capital, localização, modelo de contratação de recursos humanos e outras.” – Fonte site ContaAzul. 

É PRECISO TER UM ESPECIALISTA PARA REALIZAR O PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO DA MINHA EMPRESA?

Como você já pode ter notado, lidar com todos os sistemas de um planejamento tributário empresarial é complexo e vai exigir um profissional qualificado para realizar a sua execução. 

Se dentro da sua equipe, existe essa pessoa, o ideal é que ela esteja integralmente focada e disponível para essa atividade, evitando assim, distrações com preocupações de outros setores e consequentemente minimizando a possibilidade de erros. 

Mas se esse colaborador interno não existe ou se você não deseja correr riscos desnecessários nas etapas que envolvem esse processo, há a possibilidade de terceirizar o trabalho, contratando uma empresa especializada, como por exemplo, uma assessoria contábil. 

VEJA ALGUMAS VANTAGENS

“Ações mais eficientes

A decisão por contratar um parceiro para realizar o planejamento tributário da sua corporação é bastante assertiva. Isso porque as empresas terceirizadas contam com profissionais altamente qualificados, que farão uma análise rigorosa de todos os tributos pagos pelo seu negócio e também da atual situação econômica e financeira da companhia.

A partir desse estudo, a equipe terceirizada consegue projetar um planejamento tributário que contempla todas as medidas, práticas e alternativas que a empresa deve adotar para pagar menos tributos de acordo com a lei, aproveitando os incentivos fiscais e a recuperação de possíveis créditos.

Economia

Com o atual cenário econômico do país, reduzir os custos se tornou uma meta em comum entre as empresas. Com a terceirização do planejamento tributário, as companhias conseguem ter uma economia bastante significativa e não é apenas com o pagamento de menos tributos, como mencionamos acima.

O trabalho desenvolvido pela equipe especializada garante que os cálculos sejam realizados com assertividade, evitando, por exemplo, o pagamento de multas e juros por conta dos atrasos.

Outro ponto que demonstra que a terceirização é uma ótima escolha para a sua empresa é a redução dos custos trabalhistas. Por não precisar manter uma equipe interna e nem investir em estrutura física e equipamentos, a sua empresa terá uma economia importante com a adoção da terceirização.

Serviço sempre atualizado

A legislação fiscal brasileira passa por constantes atualizações, o que torna o planejamento tributário uma tarefa bastante complexa. A falta de conhecimento nessa área pode causar falhas e trazer prejuízos para a empresa. 

Ao terceirizar esse serviço, o empreendedor não precisa ficar preocupado em acompanhar todas essas alterações ou em investir para que um dos seus funcionários se especialize nessa área.

Com o suporte do parceiro contratado, a sua empresa terá à disposição uma equipe atualizada para projetar o planejamento tributário com as melhores ações e em conformidade com a legislação fiscal do país.” – Trecho do artigo Planejamento tributário: 4 motivos para terceirizar essa tarefa

Agora que você já sabe muita coisa sobre o que é planejamento tributário, para que serve e por quem deve ser feito, vamos falar efetivamente dos 5 erros mais comuns cometidos pelas empresas. 

1 – Escolher o regime tributário incorreto

Quando você decidiu abrir o seu negócio, muito provavelmente, foi orientado sobre a necessidade de escolher um regime tributário para se enquadrar. Pois é a partir dessa escolha que serão calculados os tributos referentes à atividade que realiza.

O que acontece é que por falta de conhecimento e por não se consultar com um especialista, como um contador, por exemplo, muitos empresários escolhem um regime incompatível com a realidade da sua empresa.

Isso por sua vez, gera cobranças de impostos e tributos indevidos, dos quais, muitas vezes, seu financeiro não tem condições de arcar. Produzindo muitos prejuízos ao caixa da sua empresa e atrasando seu desenvolvimento no mercado. 

2) Achar que planejamento é uma despesa

Mostramos aqui nesse artigo algumas das vantagens de investir na terceirização do planejamento tributário e afirmamos que seja delegando essa tarefa a terceiros ou implementando uma operação interna, sempre será uma aplicação positiva de renda, apostar nesse trabalho.

Entenda de uma vez por todas que uma gestão bem feita só irá te trazer lucros e te livrar de perdas financeiras. Se você colocar na ponta do lápis o quanto vai te custar investir em planejamento tributário, versus, o quanto esse trabalho vai te trazer de resultados positivos, com certeza verá o quanto vale a pena essa tomada de decisão. 

3) Não realizar o monitoramento

Agora, de nada vai adiantar apenas fazer o processo do planejamento tributário uma única vez, achando que isso irá resolver todos os seus problemas. Essa não é uma etapa que tem começo, meio e fim. 

Ela é contínua e precisa de monitoramento constante para verificar se o que foi determinado está sendo cumprido, se está funcionando e trazendo o resultado esperado. Para que os ajustes necessários sejam feitos a qualquer momento. 

Mesmo porque, sabemos o quanto o nosso sistema legislativo muda e sofre ajustes o tempo todo, se não houver um monitoramento de todas as informações, também externas, tudo o que foi proposto, pode estar sendo colocado em prática em vão.  

4) Planejamento fragmentado

No momento da execução de uma elaboração assertiva é necessário que se analise o sistema tributário como um todo e não se limite a considerar somente alguns tributos, uma vez que estamos em primeiro lugar do ranking latinoamericano quando o assunto é carga tributária, e entre os primeiros a nível mundial. 

5) Abusar dos mecanismos legais

“Muitas vezes, a empresa abusa dos instrumentos previstos em lei para elaborar o planejamento tributário. Fazendo isso de forma abusiva, muito embora não seja ilícito, sem incorrer em fraude, a Administração Tributária pode entender que esse planejamento foi abusivo.” – Fonte IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário)

QUEM PODE TE AJUDAR NESSE MOMENTO?

Você precisa do suporte de uma empresa que seja autoridade no assunto, a Solutta aplica o conhecimento e expertise de profissionais preparados com utilização de ferramentas estratégicas para alcançar o melhor resultado para o seu negócio.

Se você deseja aprender mais sobre planejamento tributário e precisa fazer um para o seu negócio, entre em contato com a gente hoje mesmo. 

Por Atracto


Você também pode gostar do artigo Planejamento tributário: 4 questões sobre os regimes

Post by Flávia Rossi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off