6 dicas da Solutta para começar 2019 no azul

6 dicas da Solutta para começar 2019 no azul

Por Atracto

Nessa época derradeira do ano, que marca a temporada de balanços financeiros, revisão de metas e início do planejamento de estratégias e objetivos para o ano vindouro, a Solutta separou algumas dicas para sua empresa entrar em 2019 no azul.

Agora é o momento ideal para revisitar hábitos financeiros e identificar gastos e comportamentos que podem estar comprometendo o orçamento. Independente de como foi o seu 2018, se o desejo é que no ano que se inicia a empresa tenha uma guinada, você deve dar uma atenção especial para os setores financeiro, contábil e fiscal.

Por isso, listamos aqui algumas resoluções que você pode adotar para cuidar melhor dessas áreas. Agora é a hora de agir!

1. Coloque todas as finanças na ponta do lápis

O primeiro passo para manter a parte financeira da empresa em ordem é esmiuçar todas as contas. Se seu fluxo de caixa está com problemas e as dívidas estão aparecendo mais que as entradas, comece identificando os gargalos mais importantes agora mesmo. Faça uma análise completa de caixa, custos com bancos, despesas gerais, contas a receber, contas a pagar e estoques.

Se estiver em dúvida de como fazer, procure ajuda de especialistas que possam fornecer a melhor estratégia para elaborar essa auditoria, usando ferramentas automatizadas e com inteligência artificial que irão analisar e verificar tudo rapidamente.

2. Se tem dívidas, considere aderir a um programa de parcelamento

Quem tem um grande montante de dívidas fiscais precisa considerar aderir ao PEP, Programa Especial de Parcelamento do governo que permite que os contribuintes parcelem seus débitos. Esse pacote fiscal prevê que quem aderir pode realizar o parcelamento qualquer dívida de ICMS para regularizar as dívidas para com o Estado.

Porém, mesmo com os benefícios do programa, é possível reduzir os valores das parcelas com um recálculo. A quitação das dívidas de ICMS por meio do PEP poderá ser feita mediante pagamento à vista ou parcelado, seguindo algumas regras determinadas pelo governo. Contar com esse auxílio permite uma redução significativa das saídas da empresa, o que pode resultar em uma sobrevida do empreendimento ou mesmo recursos para investir no futuro.

3. Planeje o fluxo de caixa

Quem está com dificuldades no fluxo de caixa da empresa necessita de um auxílio externo, pois existem algumas estratégias que podem gerar um dinheiro extra nas contas.

A legislação prevê uma série de benefícios e oportunidades legais para amenizar os efeitos das obrigações tributárias sobre as finanças das empresas, sobretudo quando as obrigações são pagas de forma indevida ou a mais. Um desses benefícios é o aproveitamento de créditos do ICMS de energia elétrica.

Outra questão é a recuperação de verbas indenizatórias, como as do INSS, quando as empresas acabam repassando mais do que deveriam ao INSS, possuindo assim o direito reaver tudo que foi pago indevidamente.

Assim, com esses valores encontrados, os créditos são inseridos na apuração fiscal e gera uma diminuição considerável das despesas com impostos e tributos. Fazendo isso agora, ainda dá tempo de arrumar a casa para entrar 2019 com o pé direito. Se você ainda tem dúvidas, consulte um especialista.

4. Faça o planejamento tributário e enquadre sua empresa

Se você ainda tem dúvidas sobre o melhor regime tributário para o pagamento de impostos para a sua empresa, é preciso acelerar fundo. Em janeiro ainda dá de fazer a escolha de enquadramento tributário entre Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

A opção pelo regime tributário deve estar alinhada ao porte e/ou atividade praticada pela empresa, além de outras variáveis. Em todos os casos, recomenda-se que os cálculos e projeções para essa avaliação de qual o enquadramento mais vantajoso seja feita por um especialista. Isso pode ser um diferencial para atravessar 2019 com mais fôlego e melhor saúde financeira.

5. Conheça a fundo seu negócio

Tenha em mente que a organização interna é fundamental em um empreendimento. Estudar seu ramo de atuação e arrumar a gestão empresarial pode fazer a diferença entre fechar o mês no vermelho ou no azul. Saber quais os impostos que se deve pagar e quando eles vencem é essencial para a boa gestão tributária.

Tenha ciência dos números do seu negócio para fazer um comparativo tributário a fim de saber o tamanho da carga de impostos. Nesse momento é possível, inclusive, realizar uma revisão de cadastro para saber se os itens que são comercializados no seu empreendimento estão sendo tributados corretamente.

Uma falha de valores na tributação de bens e serviços pode causar grandes prejuízos. Tenha ao seu lado um contador de confiança e não hesite em rever todos os detalhes do empreendimento periodicamente.

6. Mantenha-se atualizado com a legislação

O Brasil é constituído por 26 estados (mais o Distrito Federal), cada qual com sua legislação tributária específica, e com os mais de 5 mil municípios também possuindo tributos próprios – sem contar os federais. É uma missão quase impossível manter-se atualizado com as constantes mudanças nas regras fiscais e tributárias.

Porém, indo nas fontes certas, isso deixa de ser um bicho de sete cabeças. É preciso alguma dedicação, uma boa dose de paciência e muita pesquisa. Uma das formas mais simples de adquirir informações sobre as mudanças nas leis é em sites e portais especializados, além dos portais oficiais dos órgãos reguladores – como prefeituras, governos estaduais, secretarias e ministérios.

Outra fonte importante é a sua contabilidade de confiança. Ela deve ter funcionários preparados e atualizados com as regras para oferecer o melhor serviço e estratégias para sua empresa estar sempre um passo à frente do Fisco.

Se ainda tiver alguma dúvida ou precisa de uma forcinha para aquela resolução de ano novo (empresarial, é claro), consulte a Solutta. Nosso negócio é o seu sucesso!

(Colaboração: Ilton Gomes e Eldo Santos, executivos de Atendimento)

Post by Saulo Novaes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off