fbpx

ATTUALIZA #13

ATTUALIZA: Este é o resumo semanal de notícias que a Solutta preparou para você nas áreas contábil, fiscal e tributária. Veja os principais tópicos dessa semana:

Incentivo ao emprego terá limite de renda. O governo deve limitar o programa de estímulo ao emprego de brasileiros com idade entre 18 e 29 anos a vagas que oferecem até 1,5 salário mínimo por mês. O objetivo é conter o impacto fiscal da medida, que isentará o empregador de recolher encargos como a contribuição previdenciária. O programa se baseia na ideia de que a redução dos custos trabalhistas estimulará a oferta de emprego, mas governo ainda não conseguiu avançar na implantação de um modelo mais profundo de desoneração devido ao seu impacto para as contas públicas. Segundo o IBGE, o desemprego atingiu quase 26% dos jovens no segundo trimestre deste ano. SAIBA MAIS!

Fusões e aquisições batem recorde no Brasil. No acumulado entre janeiro e setembro, o mercado de fusões e aquisições registrou 614 transações — maior volume acumulado dos últimos cinco anos, de acordo com dados da PwC Brasil divulgados pelo jornal “Valor Econômico”. O número representa alta de 31% ante o mesmo período de 2018. A agenda de privatizações e o desaquecimento de economias maduras, como Alemanha e Japão, são fatores por trás do interesse do investidor estrangeiro no Brasil. A PwC Brasil prevê o registro de mil fusões e aquisições no país até 2020. SAIBA MAIS!

Apenas 11 setores da indústria crescem em setembro. Dados do IBGE apontam que a indústria brasileira registrou o segundo mês consecutivo de crescimento em setembro, com alta de 0,3%. No entanto, os números ainda são puxados por poucos segmentos. Dos 26 setores analisados, apenas 11 apresentaram avanço. Um dos principais motores por trás do aumento foi a indústria de veículos automotores, reboques e carrocerias, que reverteu a queda de 2,4% no mês anterior e registrou crescimento de 4,3% em setembro. SAIBA  MAIS!

CVM lança “cadastro negativo” do mercado. A Comissão de Valores Mobiliários lançou uma lista de pessoas e empresas impedidas de atuar no mercado de capitais. Disponível no site da CVM, com o objetivo de facilitar o acesso à informação ao público em geral, esse “cadastro negativo” já tem 156 nomes. Cerca de 66% dos casos se referem a penalidades temporárias, tais como uso de informações privilegiadas e operações fraudulentas. A lista ainda inclui 15 pessoas ou instituições sem autorização para atuar no mercado, mas que vinham fazendo isso de forma irregular. SAIBA MAIS!

Transformação digital está atrasada no país. Quando o assunto é transformação digital, o Brasil caminha a passos mais lentos do que outros países latino-americanos, aponta uma pesquisa da rede de consultorias Panorama Search. Alvo de discussão das empresas há apenas três anos por aqui, o tema já ocupa a pauta dos executivos há pelo menos seis anos no México, na Colômbia e na Argentina, por exemplo. Os principais obstáculos para o avanço do tema no país incluem a falta de apoio de CEOs e acionistas e a ausência de uma estratégia clara de transformação, citados respectivamente por 31% e 44% dos entrevistados brasileiros. SAIBA MAIS!

30% do faturamento das empresas vem do e-commerce. De acordo com pesquisa da Boa Vista realizada com 430 empresários do comércio, indústria e serviços, em média 30% do faturamento das empresas do Brasil vem do comércio digital. No entanto, para 45%, o faturamento por meio do e-commerce representa somente até 10% das receitas. Para 16% das empresas, as receitas com os negócios online representam de 10% a 30% do faturamento total, enquanto para outros 11% essa fatia é de 30% a 50%. Para 15%, equivalem a 50% a 75% do faturamento. Apenas 11% das empresas obtém mais de 75% do seu faturamento por meio do comércio eletrônico. SAIBA MAIS!

Comissão aprova aumento no saque do FGTS. Deputados e senadores que analisam a medida provisória com regras para o saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aprovaram o aumento de R$ 500 para R$ 998 no limite do valor que pode ser retirado da conta do trabalhador. O texto segue para votação na Câmara e, depois, no Senado. De acordo com o relatório aprovado pela comissão, o saque do valor total só pode ser feito para brasileiros que tinham um saldo de até um salário mínimo no dia 24 de julho deste ano. Outro detalhe da proposta aprovada é o fim da multa adicional de 10% sobre os depósitos por parte das empresas em caso de demissão sem justa causa. SAIBA MAIS!

Post by Saulo Novaes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off