fbpx

ATTUALIZA #14

ATTUALIZA: Este é o resumo semanal de notícias que a Solutta preparou para você nas áreas contábil, fiscal e tributária. Veja os principais tópicos dessa semana:

Reforma trabalhista não bateu meta após 2 anos. Maior mudança nas leis trabalhistas desde a criação da CLT, a reforma trabalhista não conseguiu cumprir a promessa de gerar 6 milhões de empregos em dois anos. O saldo de vagas formais criadas no Brasil entre novembro de 2017 e setembro de 2019 foi de 962 mil, segundo dados do IBGE. Desse total, 12% eram vagas de trabalho intermitente, modalidade em que o trabalhador é remunerado apenas pelo período trabalhado. A taxa de desemprego no país também variou pouco de lá para cá, de 12% para 11,8%. SAIBA MAIS!

Ambev investirá R$ 600 mi em usina eólica. A empresa de bebidas anunciou um acordo para a construção de uma usina eólica que fornecerá energia para todas as suas fábricas na região Nordeste e para cinco cervejarias da Budweiser no Brasil. A parceria prevê que a Ambev fará um investimento de cerca de R$ 600 milhões ao longo de 15 anos com o grupo de private equity Casaforte Investimentos, que por sua vez construirá uma usina eólica na Bahia. A unidade, que terá 1.600 hectares e potência superior a 80 megawatts, deve começar a funcionar no início de 2022. SAIBA MAIS!

Governo lança Programa Verde e Amarelo. O governo federal lançou o Programa Verde e Amarelo para incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda no país. A expectativa é criar cerca de 4,5 milhões de empregos ao longo de três anos. A estimativa é que, com os incentivos, o custo de contratação seja reduzido em 32%. O público-alvo são jovens de 18 a 29 anos contratados por até um 1,5 salário mínimo. Por se tratar de uma MP, o projeto já vale imediatamente, mas depende de aval do Congresso para seguir em vigor. O governo também anunciou que, para bancar o programa, vai taxar em 7,5% o seguro-desemprego. SAIBA MAIS!

Verde Amarelo acaba com multa do FGTS. A MP do programa Verde Amarelo irá acabar com o adicional de 10% da multa rescisória sobre o FGTS pago pelas empresas em caso de demissão sem justa causa. A extinção do adicional da multa não afeta o quanto o trabalhador recebe, mas representa um alívio para as empresas. Isso porque, atualmente, elas pagam 50% de multa nas demissões: 40% ficam com o trabalhador e os outros 10% vão para a União, que repassa os recursos para a administração do fundo. Anualmente, esses 10% correspondem a R$ 5,4 bilhões pagos pelas empresas. SAIBA MAIS!

Comércio irá crescer 7,4% com Black Friday. Segundo um levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado, o varejo de São Paulo deve faturar um total de R$ 68 bilhões em novembro deste ano — avanço de 7,4% em relação aos R$ 63,3 bilhões registrados no ano passado. A principal razão para o impulso é a Black Friday, evento que acontece no dia 29, mas para o qual as lojas já estão se preparando com campanhas de publicidade e descontos desde o início do mês. De acordo com a FecomercioSP, a participação das vendas online para os resultados do mês deve ficar em 4,3%, quase o dobro da média no resto do ano. SAIBA MAIS!

90% dos brasileiros usarão 13º com dívidas. Segundo uma pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade, 87% dos brasileiros pretendem usar o 13º salário para quitar dívidas. As dívidas mais comuns são aquelas com cheque especial (45%), cartão de crédito (49%) e financiamento bancário em atraso (3%). Enquanto 5% dos entrevistados pretendem usar parte do bônus para comprar presentes, outros 2% pretendem usar o dinheiro para pagar as despesas de começo de ano. Somente 2% planejam poupar parte do que sobrará. SAIBA MAIS!

Automação ameaça 9 milhões de empregos. Cerca de 9,2 milhões dos 16 milhões de empregos criados entre 2003 e 2016 têm alta chance de serem substituídos por máquinas nos próximos 20 anos, aponta um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro. As vagas mais vulneráveis são as que requerem baixa qualificação. Entre os mais afetados estão os vendedores do comércio e assistentes administrativos. De acordo com o estudo, o Brasil ainda não criou um número significativo de empregos capazes de resistir à automação e deveria investir em requalificação da mão de obra para conter o avanço do problema. SAIBA MAIS!

Post by Saulo Novaes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off