fbpx

Modelo Lean: como reduzir os gastos na empresa

Se existe uma pergunta que permeia a cabeça do empresário quase que diariamente é: como reduzir os gastos na empresa? Principalmente os desnecessários, que passam despercebidos na rotina do negócio e fazem total diferença no balanço mensal. 

O fato é que toda e qualquer empresa, seja ela do segmento que for, compartilham de um objetivo central que é obter lucro, de preferência todos os meses, como popularmente costumamos dizer, fechar no azul. 

Mas sabemos que a realidade nem sempre é essa e observamos empreendedores fazendo malabarismos constantes para equilibrar as finanças. O que muitas vezes, não é nada fácil, gerando um clima de estresse contínuo e muitas incertezas sobre o futuro. 

A conta na verdade é simples, para se ter lucro é preciso ganhar mais do que se gasta. O problema é que fazer essa conta bater oferece uma complexidade, quase que cruel. Uma vez que as empresas, em especial o varejo trabalham com linhas variáveis muito tênues e que não permitem controle. 

Sendo assim, o ideal é que o gestor da empresa gaste sua energia em controlar aquilo que é possível dentro do seu nicho de atuação, ou seja, demandas diretamente ligadas ao desempenho da empresa. 

Vamos trazer aqui algumas dicas que poderão ser colocadas em prática ainda hoje, e vamos começar te apresentando uma filosofia que vem funcionando há décadas, da qual sua empresa pode também se beneficiar. 

COMO REDUZIR GASTOS NA EMPRESA: MODELO LEAN

“Lean é uma filosofia de gestão baseada nos conceitos originados do Sistema Toyota de Produção. Embora originado na década de 80, o professor James P. Womack do MIT (Massachusetts Institute of Technology) tornou o termo Lean conhecido mundialmente após a publicação de seu livro “A máquina que mudou o mundo” em 1990 – escrito em conjunto com Daniel T. Jones e Daniel Roos.

O termo Lean ou Lean Thinking possui cinco princípios que devem ser considerados na seguinte sequência: 

Valor: definir o que é valor sob a ótica do cliente;

Fluxo de Valor: identificar o fluxo de valor e redefinir os processos, restando apenas o que gera valor ao cliente;

Fluxo Contínuo: estabelecer um fluxo para os processos que restaram;

Produção Puxada: fazer apenas quando o cliente solicitar;

Perfeição ou Kaizen: melhoria contínua de tudo que está envolvido no fluxo de valor. 

Além disso, Lean Thinking também pode ser entendido como um sistema de gestão e uma estratégia de negócios voltada exclusivamente para aumentar a satisfação dos clientes.

Empresas em todo o mundo estão mudando a maneira de fazer gestão com essa filosofia. Embora concebida na manufatura, essa prática vêm sendo difundida nos mais diversos setores e empresas, como por exemplo, área administrativa, tecnologia da informação, agronegócios, saúde, etc.” – Fonte Site Lean IT

COMO COMEÇAR A COLOCAR O MÉTODO EM PRÁTICA NA SUA EMPRESA?

Com o objetivo principal de entender quais são as dores dos clientes que sua empresa precisa resolver para conseguir obter sucesso, alguns pontos vão precisar da sua atenção para que a metodologia Lean funcione. 

Processos – Para funcionarem corretamente, todos as empresas demandam que existam processos bem definidos com foco em resultados de qualidade. Será preciso avaliar as etapas desse sistemas, se todas são realmente funcionais. Se o ideal é retirar ou inserir mais algum passo e claro, se estão funcionando em sua máxima potência. 

Tudo tem que estar fluindo de forma eficaz e positiva. 

Pessoas – Entenda que cada colaborador é importante e pode contribuir para a adoção e desenvolvimento do método Lean. Identifique como cada uma das pessoas que fazem parte da sua equipe podem desempenhar sua atividade da melhor forma, com qualidade e potência máxima. 

Integre todos no objetivo comum de trazer resultados de qualidade, atender as necessidades dos clientes e reduzir custos. 

COMO REDUZIR OS GASTOS NA EMPRESA UTILIZANDO O MÉTODO LEAN

Existem algumas técnicas sugeridas pelo método que irão te auxiliar no objetivo de reduzir os gastos da empresa e que podem ser colocadas em prática de uma maneira eficaz. Vamos lá?

Pesquisa com o consumidor – Você precisa entender quais são os valores dos seus clientes. O atendimento e a qualidade dos produtos entram nessa mensuração. Com essas informações em mãos é possível se adequar ao que ele espera da sua empresa. Entre as práticas, estão a melhoria dos processos, redução dos custos que poderão ser repassados ao preço final, entre outras ações.

Mapeamento do fluxo de valor – Nesta etapa vão entrar as informações colhidas na pesquisa ou seja, os pontos de valor para o seu cliente e também precisará ser incluída informações sobre o que ele não valoriza, para aí sim, criar esse mapa. Esses dados ajudarão a identificar oportunidades de melhorias e a constituição do fluxo de valor.

Manter o fluxo de valor – Após a identificação dos valores e da adequação dos processos para atender essa demanda é preciso cuidar para que as atividades se mantenham na mesma qualidade, continuando a gerar o valor esperado pelo cliente. 

Puxar o Fluxo de valor – A ideia aqui é estimular o cliente a consumir os produtos que estão parados em estoque e que precisam girar. Pode ser usado por exemplo, programa de incentivos com promoções e descontos. 

Busca pela perfeição – Esta etapa diz exatamente sobre a busca pela perfeição no processo como todo. É aqui também que o envolvimento de todos como funcionários, gestores, fornecedores será essencial. Correção de erros, aprimoramento de atividades, diminuição de desperdícios serão executados nessa fase também. 

COMO REDUZIR GASTOS NA EMPRESA UTILIZANDO UMA ASSESSORIA CONTÁBIL ESPECIALIZADA

Para colocar o método Lean em prática você pode contar com a ajuda de uma assessoria contábil especializada, além de utilizar todas as vantagens que esse auxílio oferece para trabalhar também paralelamente ao método na missão de reduzir gastos em sua empresa. 

“Uma assessoria contábil oferece uma gama de serviços que são essenciais para o bom funcionamento de qualquer empresa (e obviamente que aqui estamos falando de assessorias de alta performance!). Eles contemplam áreas distintas, mas no final se interligam, garantindo com que todo o esforço empregado no seu dia a dia de trabalho valha a pena.

E em tempos de crise, e fora dele, o contador deve ser o seu melhor amigo. Aquele que irá te ajudar no diagnóstico da sua situação em particular e na elaboração dos melhores planos de contingência. Além é claro, de garantir que qualquer que seja a tomada de decisão, ela esteja dentro das conformidades legais. 

A consultoria contábil vai muito além dos serviços rotineiros que você, provavelmente, já conhece. Esse trabalho engloba uma assistência mais próxima à você, permitindo que sejam traçadas rotinas específicas à demanda da sua empresa.” – Saiba mais sobre como uma assessoria contábil pode ajudar a sua empresa clicando AQUI.

CONCLUSÃO

Como vimos é possível reduzir os gastos da sua empresa aplicando técnicas variadas e hoje você conheceu mais uma delas, o método Lean. 

Com informação de qualidade, parceiros profissionais e especialistas em suas áreas de atuação é possível construir um cenário de prosperidade de sucesso para sua empresa. 

Comece hoje a mudança que você tanto deseja. 

Por Atracto

Você também pode gostar do artigo Como tirar a empresa do vermelho: 5 dicas infalíveis. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://solutta.com/wp-content/themes/hazel/
https://solutta.com/
#0066a1
style1
paged
Carregando...
/var/www/solutta/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
yes
yes
off
off
off